Blog Os perigos da sonegação fiscal 30 junho 2022

Não é novidade a dificuldade em lidar com o sistema tributário do nosso país. O Brasil é constituído de 27 estados, cada qual com sua legislação tributária específica e alterações quase que diárias. Essa complexidade pode desencorajar os brasileiros a exercerem seu potencial empreendedor. Sabemos do impacto positivo que o empreendedorismo possui no mundo todo, e no Brasil não seria diferente.

Para passar por esse sistema e manter a empresa em total funcionamento mesmo com as dificuldades, os empresários encontram alternativas para economizar no pagamento dos impostos.

Entretanto, é possível que o empresário só enxergue economia na tributação através da sonegação de impostos, mas os perigos dessa prática podem ser extremamente prejudiciais à empresa.

Hoje, falaremos sobre os perigos dessa prática e como sua empresa pode economizar no pagamento dos impostos de maneira legal. Acompanhe!

Sonegação é diferente de inadimplência

A sonegação fiscal é a adulteração de dados sobre a tributação da empresa, sobre seu faturamento ou falsas declarações a respeito dos seus dados. Se comprovado que intencionalmente foram omitidas informações da empresa e que houve adulteração dessas declarações, os responsáveis podem responder sobre crimes contra a ordem tributária.

As penalidades podem resultar em pena de seis a dois anos de detenção além da multa determinada pela Justiça, a possibilidade de penhorar os bens da empresa, e o acréscimo sobre a multa, que pode chegar até 200% sobre o valor da sonegação.

Sonegação fiscal é muito diferente de inadimplência. A sonegação se caracteriza pela elaboração de declarações falsas ou omissão de dados a fim de evitar a tributação. Já a inadimplência é o descumprimento na entrega das tributações causado de forma não intencional. Ambas as opções possuem prejuízos para a empresa mas, no caso de sonegação fiscal, elas podem ser muito mais graves do que as multas comuns sobre os atrasos, como vimos anteriormente.

Conheça as práticas de elisão fiscal

A prática de sonegação fiscal pode ser chamada também de elusão fiscal que pode ser considerada contrária à elisão fiscal.

Elisão fiscal é, nada mais nada menos, do que a forma legal de diminuir a tributação da empresa através de estratégias e conhecimento contábil. Não conhecer esse termo ou essas alternativas pode fazer o empresário considerar que a única forma de lidar com o complexo sistema tributário brasileiro é através de sonegação, mas não é bem assim.

As alternativas de elisão fiscal podem vir acompanhadas de uma série de benefícios que vão além da economia tributária, portanto consulte um especialista e conheça as formas de utilizar essas ferramentas na sua empresa.

Veja mais sobre a elisão fiscal aqui.

Esteja alinhado com sua contabilidade

Para que a etapa de planejamento e economia tributária seja um grande sucesso, a empresa precisa lidar com o maior colaborador das suas finanças: o contador.

O papel do contador durante a etapa de busca dessas alternativas é direcionar o empresário as estratégias de acordo com o perfil da empresa. A mudança que um especialista faz sobre essas decisões acompanha o empreendedor a longo prazo, e por isso esse serviço se faz indispensável.

A contabilidade eficiente pode te direcionar a conseguir essa economia nos impostos de forma legal, e ainda pode direcionar o empreendedor aos caminhos mais proveitosos para a empresa.

Sem esse conhecimento, as consequências de sonegação fiscal são apenas um dos muitos problemas que a empresa pode enfrentar daqui pra frente, e nós não queremos isso.

Pensando nisso, te convido a conhecer a Gomide Contabilidade. Nosso escritório possui especialistas prontos para lidar com suas obrigações tributárias da melhor forma e garantir a economia da sua tributação através de um planejamento tributário eficiente. Entre em contato com nossos especialistas e conheça nossos serviços!

Destaque em Blog